sexta-feira, outubro 16, 2009

Epicarmo Fr.1

Sou um cadáver; um cadáver é adubo, e adubo é a terra;
mas se a terra é um Deus, não sou cadáver, e sim um Deus.

Nenhum comentário: