segunda-feira, fevereiro 08, 2010

Safo 137 L-P

quero dizer-te uma coisa, mas me tolhe
o pudor [

...

fosse, o teu, um desejo por algo nobre e bom
não te estalassem na língua umas palavras feias,
nenhum pudor velaria os teus olhos
[e o que é certo tu dirias]

Tradução: Joaquim Brasil Fontes

Fonte: FONTES, J.B. Eros, tecelão de mitos. São Paulo: Iluminuras. 2002.

3 comentários:

Espaço Unico disse...

Enfim encontrei o blog que procurava para seguir. Adorei. bjusss

Orquidéia Gonçalves disse...

O sr.(a sra) poderia me dizer quando o primeiro poema(sobre os irmãos) foi encontrado?

Antecipo meu agradecimento.

Rafael disse...

Orquídea, o poema foi descoberto no início de 2014: um papiro foi apresentado ao papirologista Dirk Obbink, que constatou lá dois poemas de Safo. Um bem fragmentado, e este, quase completo, dito "poema dos irmãos".

Há um artigo (em inglês) sobre o achado aqui, escrito pelo próprio Obbink:

http://www.the-tls.co.uk/tls/public/article1371516.ece

Um abraço.